5 dicas para você otimizar tempo e dinheiro no desenvolvimento da sua solução

Nos últimos anos tive a oportunidade de liderar e participar do desenvolvimento de algumas soluções da Clubee e, também, para clientes. Não era, e não sou, uma pessoa com perfil técnico e, antes de encarar de frente os primeiros projetos, era apenas um entusiasta no assunto. Portanto, entre erros e acertos, aprendi muito. O objetivo deste post não é detalhar todos os passos do processo de desenvolvimento de uma solução, e sim dar algumas dicas valiosas para as pessoas que estão iniciando esta jornada e que não sabem por onde começar.

Hoje em dia a tecnologia está cada vez mais presente na vida de todos nós, e das empresas. Neste contexto, cada vez mais pessoas estão mergulhando neste mundo com o objetivo de trazer novas soluções para o seu negócio já existente ou iniciar um novo. Porém, tirar uma ideia do papel e torná-la em realidade não é uma tarefa fácil, além de poder gerar uma série de problemas relacionados a custo e tempo, especialmente nas primeiras experiências.

 

Dica 1: Valide a sua ideia

Esta dica parece óbvia, mas é comum as pessoas pularem esta etapa. Muitas vezes nos entusiasmamos tanto com a nossa solução que acabamos esquecendo de validar com as pessoas que mais importam: os clientes ou potenciais clientes.


Dica 2: Foque no MVP (Minimum Viable Product)

Na maioria das vezes as soluções que imaginamos começam pequenas na nossa cabeça e em questão de minutos ficam grandes e complexas. A dica aqui é comece simples resolvendo a principal dor do seu público. As melhorias podem vir depois de acordo com as necessidades dos seus clientes. Se quiser saber um pouco mais sobre MVP, acesse este infográfico que preparamos.

 

Dica 3: O levantamento de requisitos é muito importante

Esta etapa é fundamental para o sucesso e bom andamento do seu projeto. O levantar requisitos que todo desenvolvedor adora pedir é simplesmente você colocar no papel tudo aquilo que a sua solução irá ter, ou seja, funcionalidades, telas, campos e por aí vai. A dica aqui é você ser o mais detalhista e claro possível. Valide e revalide este documento com a empresa ou desenvolvedor que você contratou, pois precisa estar redondo, já que a sua solução será desenvolvida com base neste levantamento. Lembre-se que qualquer detalhe que faltar pode gerar um retrabalho imenso em uma fase avançada do projeto, resultando em mais tempo e custo de desenvolvimento.

 

Dica 4: Pesquise a tecnologia

Existem várias tecnologias para desenvolver a sua solução e , normalmente, cada uma é mais indicada para cada tipo de objetivo. Desta forma, pesquise bem todas as alternativas antes de decidir qual o rumo que você vai tomar. Neste post do nosso blog explicamos, por exemplo, quais são algumas opções para o desenvolvimento de um aplicativo.

Dica 5: Acompanhe de perto

Depois de iniciado o desenvolvimento técnico acompanhe de perto os progressos do projeto. Teste e homologue cada nova tela e funcionalidade desenvolvida. Caso haja algum problema no documento de requisitos feito ou na interpretação do desenvolvedor ou se você tiver esquecido de alguma coisa importante, é provavelmente nesta etapa que você vai notar. Portanto, esteja próximo.

 

Marcelo Ferraz é sócio e diretor comercial da Clubee Soluções.
Gerenciou e coordenou projetos web e apps (Android e iOS)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*